O que Fazer para Emagrecer Rápido

Várias mulheres desejam saber o que fazer para emagrecer rápido, eliminar aquela gordurinha localizada e ficar com o corpo em forma para ter uma vida repleta de saúde e energia.E como a maioria das pessoas, eu imagino que você tenha estabelecido como meta para este ano de 2016 emagrecer e finalmente conquistar o corpo que tanto deseja. Afinal, o ano está apenas começando e o calor mostra que o verão veio com tudo.

o que fazer para emagrecer

Não tem momento melhor para começar.

Mas quantas vezes você já fez essa promessa? Provavelmente várias.

Então eu pergunto: se você realmente quer emagrecer, o que está lhe impedindo de alcançar esta meta?

Você vai se justificar dizendo que a academia fica muito longe da sua casa, que trabalha “12 horas” por dia e não tem tempo para realizar atividades físicas, que seu marido é muito ciumento, que possui filhos pequenos, que na sua geladeira só existe doces e carboidratos etc.

Vamos deixar todas essas desculpas de lado.

Se você realmente quer mudar essa realidade, esse será o seu guia para emagrecer em 2016.

O que eu vou lhe dizer nas próximas linhas vai causar um impacto profundo em sua vida, pois você vai descobrir…

 

OS 3 FATORES QUE ESTÃO TE IMPEDINDO DE EMAGRECER

Quando pensamos sobre emagrecimento quais são as duas dicas que mais recebemos de todo mundo:

  1. a) pratique atividades físicas
  2. b) faça uma dieta balanceada

Mas se essas dicas são tão óbvias, por que simplesmente não as realizamos?

Porquê até que uma ação seja colocada em prática, precisamos ficar livres das amarras psicológicas que nos impedem de agir. E as principais delas são:

 

#1 – Você troca uma recompensa permanente de médio/longo prazo por uma recompensa imediata

Quando pensamos em emagrecer sabemos que existem benefícios e custos envolvidos neste processo.

Os benefícios mais comuns são:

  • Ficar atraente;
  • Ter mais energia e disposição;
  • Diminuir as chances de termos problemas cardíacos e diabetes;
  • Aumentar a autoestima;
  • Podermos usar as peças de roupas que tanto queremos;
  • Querer exibir o corpo na praia sem nenhum constrangimento.

E os custos seriam:

  • Passar meses/anos frequentando academias;
  • Praticar esportes;
  • Manter uma alimentação rica em fibras e proteínas;
  • Cortar a ingestão de frituras, doces e massas;
  • Fazer caminhadas;
  • Pensar duas/três vezes antes de ingerir um alimento “proibido”;
  • Ficar de mau humor nos primeiros dias de reeducação alimentar;
  • Ter que olhar a tabela nutritiva dos alimentos antes de colocar no carrinho de compras quando for ao supermercado.

Perceba que os benefícios do emagrecimento é algo que você só vai alcançar em médio ou longo prazo. Exigindo meses ou anos de prática.

E para que você possa usufruir desses benefícios terá que pagar o preço envolvendo um custo emocional e um desgaste físico que é inerente ao processo de emagrecimento. Os custos sempre estão associados a dor, esforço, adaptação e privação.

Portanto, quando pensamos em emagrecer nosso cérebro envia a seguinte mensagem: “Isso é algo realmente muito bom, mas para você alcançar todos os benefícios de ter um corpo enxuto terá que passar por um longo período de sofrimento”.

Ou seja, a recompensa por todo o esforço só será paga em um futuro indeterminado e que pode variar de pessoa para pessoa.

Contudo, comer um chocolate, passar horas na frente da TV, acordar mais tarde e tomar refrigerantes traz uma recompensa imediata. Você sente o prazer de realizar estas atividades já no instante em que começa a realizá-las.

Você sente o prazer de comer uma barra de chocolate já na primeira mordida.

Se alguém dissesse para você que ao comer uma barra de chocolate, você só iria sentir o gosto desta primeira mordida daqui a dois anos, provavelmente as fábricas de chocolate estariam em extinção.

Para quebrar esse ciclo, você deve evitar as recompensas imediatas e apostar todas as suas fichas nas recompensas de médio e longo prazo.

Sempre que pensar em desistir de fazer uma tarefa relacionada ao seu processo de emagrecimento, imagine que você está pagando parcelas antecipadas para ter uma vida com muita saúde e um corpo bonito.

Essa simples visualização já fará você enxergar a recompensa de médio/longo prazo como algo vantajoso.

Afinal, temos o hábito de parcelar nossa compras, financiar um veículo ou um imóvel. Então, por que não financiamos o corpo dos nossos sonhos pagando todos os dias um pouquinho dessa prestação?

Parece ser uma boa ideia!

 

#2 – Você associa o processo de emagrecimento a crenças negativas

O que é uma crença? É uma ideia persistente que condiciona nossa maneira de pensar, as vezes temos consciência a respeito da crença, mas na maioria das vezes elas existem em níveis inconscientes.

E o caminho mais fácil para o fracasso é você associar o processo de emagrecimento a crenças negativas.

Quando alguém fala a palavra emagrecimento, quais são as imagens que se formam na sua mente? O que você imagina?

Se as primeiras coisas que você associa a emagrecimento forem dor, sofrimento, privação, fome, escassez, mau humor, dores musculares, humilhação, vergonha, medo de falhar e ansiedade, realmente isso está lhe impedindo de emagrecer.

Existem grandes chances de você se boicotar sempre que tentar emagrecer, pois suas crenças negativas vão arrumar desculpas para você fugir daquilo que mais teme: a vergonha, o medo, a dor muscular etc.

Então, sempre que você pensa em ir à academia, lembra que tem um relatório “urgente” para entregar no dia seguinte.

Sempre que você se planeja para comer naquele restaurante mais light, algum amigo de trabalho lhe chama para ir almoçar na churrascaria e você não quer desapontá-lo.

No dia de caminhar o céu está nublado, então você decide que não vai sair de casa para não pegar um resfriado caso caia uma chuva.

Se você já se colocou em situações que usou de desculpas para fugir de um compromisso é por que você o está associando a coisas negativas.

O segredo para modificar essa postura mental é ressignificar o processo de emagrecimento.

Associe ir à academia a possibilidade de conhecer novas pessoas, as caminhadas a ficar em contato com a natureza, a salada que você vai comer no jantar a uma digestão mais leve e uma noite de sono mais agradável.

Recomendo que anote todas as crenças negativas que você tem e comece a substituí-las por crenças positivas.

 

#3 – Você não segue uma metodologia

Sempre surge na mídia uma nova dieta, uma nova maneira de emagrecer e uma celebridade que alcançou resultados incríveis em poucas semanas.

E você acaba sempre com uma pontinha de curiosidade para testar essas novas metodologias. Vai que dar certo né?

E mais um problema surge…

A maioria dos métodos de emagrecimento exigem semanas ou meses de práticas e hábitos de manutenção para que a pessoa não volte a engordar. E o perigo de ficar “pulando” de método em método é que você acaba não se beneficiando da consistência desses métodos.

É como se você sempre fosse embora da festa faltando dois minutos para cantar o parabéns. Já pensou como isso é chato e não faz sentido?

Não é a dieta da moda ou a dica da celebridade que sai na capa da revista que fará a gordura sumir do seu corpo, mas sim a consistência com que você segue determinado método.

Maneiras de Fazer para Emagrecer Rápido

1. Dieta de Calorias: O corpo precisa de gorduras saudáveis como gorduras insaturadas e poli-insaturadas para queimar gordura.

Você também tende a reduzir calorias por consumir adoçantes artificiais e bebidas dietéticas que podem ser perigosos para a sua saúde.

2. Drogas e Comprimidos: Somos tentados a experimentar estes para perda de peso fácil. No entanto, às vezes eles podem danificar gravemente a sua saúde.

Suplementos devem ser tomados juntamente com apenas uma dieta equilibrada e exercício físico.

3. Saltar Refeições: Pular refeições e ficar com fome não é o caminho para a perda de peso e é extremamente insalubre (faz mal a saúde). O seu metabolismo pode ficar mais lento, você pode ter ânsias e até mesmo ficar doente.

4. Vomito Induzido: As pessoas satisfazem os seus desejos de fome consumindo alimentos, e depois praticam vômitos auto-induzidos. Isto pode ter efeitos psicológicos graves sobre a pessoa e pode levar a bulimia. Então não faça.

5. Uso de Laxantes: Isto é comumente usado para estimular a digestão. A utilização excessiva pode enfraquecer o sistema digestivo e causar perturbações relacionadas ao abdômen.

6. Tabaco: Algumas pessoas fumam para suprimir a fome. Fumar é conhecido por interromper os sinais do cérebro, matando a fome.

É por isso que a maioria dos fumantes não sente o efeito depois de pular refeições. O uso em longo prazo pode danificar o corpo e torná-lo mais suscetível ao câncer.

7. Exercitar-se Muito: Quantidade excessiva de exercício pode levar a lesões. Cardio extensivo não vai ajudar.

Em vez disso, faça uma corrida, musculação e treinamento de explosão em sua programação. O truque é equilibrar o exercício e uma dieta equilibrada para perder peso de forma saudável.

8. Dietas da Moda: Essas dietas populares não mostram realmente como elas ajudam a perder peso. Em vez disso, consumir uma dieta equilibrada e saudável e beber bastante água.

O que comer para emagrecer rápido

Para emagrecer rapidamente, deve-se optar por ingerir:

1.Chá verde diariamente, pois ele hidrata e ajuda a tratar a retenção hídrica, diminuindo o inchaço do corpo;

2.Não comer comidas gordurosas, não beber refrigerante, não comer doces, não exagerar nos molhos, nem nas bebidas alcoólicas;

3.Comer pequenas quantidades em cada refeição, fazendo pelo menos, 6 refeições diárias, como café da manhã, colação, almoço, lanche, jantar e ceia, com intervalo de, aproximadamente, 3 horas entre eles;

4.Comer menos calorias do que se gasta por dia, ou gastar mais do que se come.

5.Fibras: comer diariamente alimentos como frutas com casca, legumes crus, pão de cereais, linhaça e farinhas e arroz de cores escuras ou uma outra opção é tomar um suplemento alimentar rico em fibras como, o Benefiber.

A dieta deve ser sempre orientada por um nutricionista para manter todas as suas necessidades segundo a atividade física diária.

Seguindo todas as dicas encontradas aqui neste texto, com toda certeza em 2017 sua meta não será mais emagrecer, pois você conseguirá isso ainda este ano.

😉

Sucesso e até a próxima!